Conectado, mas nem tanto…

Essa cena é tão comum na nossa geração.
Hoje somos totalmente conectados com as redes sociais e com tudo que a tecnologia nos proporciona.
Eu sou totalmente a favor do uso da tecnologia, que tanto nos facilita a vida, mas a moderação é bem vinda.
Trabalho com isso há 20 anos, porém tenho visto um agravamento  que está gerando um distanciamento muito grande entre as pessoas hoje em dia.
As conseqüências desse hábito, nós já temos visto. Pessoas totalmente ansiosas, com pressa, nervosas, tudo tem que ser pra ontem, não podem perder tempo.
Se outrora, houve a “geração coca-cola”, hoje temos a “geração fast-food”, ou melhor dizendo, “geração google”.
Totalmente conectados, mas sem contatos pessoais…
Hoje, é interessante quando, em um ambiente onde há algumas pessoas reunidas, quando a internet cai, ou a energia acaba por algum motivo, as pessoas a principio ficam preocupadas, mas enfim conversam, e esse é um dos momentos raros de olho no olho, porque estamos acostumados “facebook to facebook”, e o que mais precisamos é o face to face.
Na minha vida, uma palavra que tenho como referencia é moderação.
Outras conseqüências desses hábitos, ainda não temos como mensurar, mas acredito que em poucos anos as veremos.
Hoje o uso da tecnologia precisa de moderação, para que possamos ainda ter uma vida perto do normal

Samuel Mello