Cuidado ao baixar programas

Olá amigos. No meu dia a dia de trabalho, encontro muitas pessoas reclamando que o computador quando foi comprado era bom, mas foi ficando lento e fica quase impossível de ser usado. Normalmente usam pra redes sociais, emails, noticiais, um uso bem básico.
Mas aí eu pergunto ao cliente: “Instalou algum programa recentemente?” Eles me respondem: “Meu filho instalou um joguinho!”, “Meu neto instalou um programa pra baixar musicas”, e ai vai.

E ao verificar a máquina, vejo que ela está cheio de barra de tarefas no navegador (Chrome, Internet Explorer), instalou vários programas de diagnósticos que são chatos demais, ficam sempre abrindo a tela, pedindo ativação, a página inicial muda, muitas vezes com imagens impróprias, e o usuário normalmente não consegue tirar, vira um “caos”. O computador fica quase impossível de ser usado.

Normalmente nessa hora somos chamados para resolver esse problema.

Dependendo do tanto de programas instalados, o tempo que se demora desinstalando não compensa para o cliente, então o melhor jeito é formatar e reinstalar todos os programas, claro que antes, fazemos o backup.

Porque formatar? Porque alguns tipos de programas, são como um tumor maligno, que tem ramificações em várias pastas, e mesmo ao desinstalar o programa principal, ele não é retirado completamente, e o usuário ainda ficará insatisfeito.

Minha dica:

Ao procurar um programa para instalar, geralmente a pessoa caí no site do baixaki.com.br, só que intuitivamente, ao achar o programa desejado, ela clica em “download” direto, sem perceber que em embaixo do botão do download, existe uma opção:
– com instalador
– sem instalador

Se você não quiser os transtornos de ter seu computador com um monte de programas que você não quer, sempre escolha a opção: “sem o instalador”.

Caso tenha baixado com instalador, você ainda pode se salvar, desmarcando a instalação dos programas nos passos seguintes.
Fazendo isso, você terá seu computador limpo por mais tempo.

Abraços